Porque usar Bitcoin?

O Bitcoin foi originalmente criado como um método de pagamento alternativo e descentralizado. Ao contrário das transferências bancárias internacionais na época, era de baixo custo e quase instantâneo. Um benefício adicional para os comerciantes (menos para os usuários) era que era irreversível, removendo a ameaça de cobranças caras.

No entanto, a melhoria nos métodos de pagamento domésticos e o rápido desenvolvimento de formas alternativas (não-criptomoedas) de transferências internacionais reduziram a vantagem do bitcoin nesta área, especialmente devido às suas taxas crescentes e gargalos de rede frequentes.

Porque usar o bitcoin?

Além disso, o crescente controle e regulamentação para evitar lavagem de dinheiro e transações ilegais restringiram o uso da criptomoeda por questões de privacidade.

Em algumas partes do mundo, o bitcoin ainda é uma maneira mais eficiente e barata de transferir dinheiro além das fronteiras, e várias startups de remessa fazem uso desse recurso. As vantagens de custo e velocidade do Bitcoin, no entanto, estão sendo corroídas à medida que os canais tradicionais melhoram (e as tarifas da rede continuam aumentando), e a liquidez continua sendo um problema em muitos países.

Além disso, vários grandes e pequenos varejistas aceitam a criptomoeda como forma de pagamento, embora os relatórios sugiram que a demanda por essa função não seja alta.

Muitas pessoas sentem-se mais confortáveis ​​em manter uma parte de sua riqueza em bitcoins armazenados com segurança, onde uma autoridade central não pode bloquear o acesso ou fazer um corte.

Recentemente, o bitcoin parece ter assumido o papel de ativo de investimento, já que traders, investidores institucionais e pequenos poupadores acordaram para os ganhos potenciais da valorização do preço.

Segundo algumas fontes, o bitcoin é cada vez mais usado para lavagem de dinheiro. Nós sabemos que você não fará isso. E, de qualquer modo, o bitcoin não é, como se acredita, um bom veículo para lavagem de dinheiro, extorsão ou financiamento do terrorismo, já que é rastreável e transparente – como uma série de recentes detenções podem atestar.